segunda-feira, 31 de março de 2008

Como transformar uma barata em dinheiro

A apresentadora Luciana Gimenez, da Rede TV!, pode lucrar com um episódio desagradável ocorrido em Nova York, segundo a coluna "Mônica Bergamo" desta segunda-feira no caderno Ilustrada na Folha de S.Paulo. Em um restaurante da cidade, uma barata caiu em sua cabeça, de acordo com a colunista. Um fabricante de inseticida negocia agora com a apresentadora para que ela se torna garota-propaganda de sua marca.


Fonte: Folha Online




JK: Sem nenhuma dúvida, tem gente que nasceu para ser rico. Também ser rico chama dinheiro, ao menos é o que parece. Não é o meu caso, creio. Se me cai uma barata na cabeça, só consigo um ataque de pânico e um mega king kong bombadão. A não ser que alguém queira pagar para me ver correndo e gritando da forma mais desesperada que uma criatura é capaz de fazer.

terça-feira, 25 de março de 2008

Mundo X Leis de Murphy




Edward A. Murphy (1918 - 1990) foi um engenheiro aeroespacial especializado em sistemas de segurança-crítica. Ele trabalhou na Força Aérea dos Estados Unidos realizando testes sobre os efeitos da desaceleração rápida em piloto de aeronaves.

Se alguma coisa pode dar errado, dará. E mais, dará errado da pior maneira, no pior momento e de modo que cause o maior dano possível.

Essa é a forma mais conhecida que vem do princípio: "Se há duas ou mais formas de fazer alguma coisa e uma das formas resultar em catástrofe, então alguém a fará". Todas as leis de Murphy variam deste princípio. Parece pessimismo, mas não se esqueça que elas foram elaboradas para prever e sanar falhas na segurança antes que provocassem um acidente.

Quando Murphy começou a dizer suas leis em público, as pessoas riam achando que era algum tipo de piada. Logo surgiram variações como "O pão sempre cai com a manteiga para baixo". Murphy ficava muito chateado com isso. Dizia que estavam deturpando as leis fazendo-as parecerem ridículas.

Mas, o fato é que não há quem não atribua às Suas leis o azar típico da segunda-feira – no meu caso – e maldiga até o cocô do cachorro de Murphy.

Tudo é atribuído ao pobre cientista, desde o aquecimento global até o congelamento do Iraque. Confira no próximo post o que a humanidade está preparando para combater as leis de Murphy. Que a força esteja com vocês!

segunda-feira, 10 de março de 2008

Um ovo, apenas

Há pouco meditava sobre o ovo. Talvez porque nessa época do ano, os ovos são tão irresistíveis por serem feitos de chocolate. Ou porque eu fui ao mercado e comprei uma caixinha de ovos orgânicos. Tá, sério que o ovo é orgânico? Óbvio não é?

Já que ele não é metal nem mineral e foi concebido por um ser vivo e respirante, dotado, inclusive, de sangue quente, é orgânico. Mas é que os produtores acharam que o ovo que é botado pela galinha livre deve ser chamado orgânico.

Que que eu posso fazer, eles que chegaram a essa conclusão absurda. Mas, aí fiquei meditando, no mais meditabundo dos devaneios sobre tudo o que é um ovo. E é muita coisa mesmo. Um ovo é o começo da vida.

A vida é um ovo. No ovo do mundo. Ovo de Colombo. Ovo de Páscoa. Com o ovo virado. Pisando em ovos. Um ovo, uma sentença. Ovo de codorna. Ovo de ouro. Ovomaltine. Kinder ovo. Ovo estrelado. Ovos mexidos. O ovo ou a galinha. Ovo-lacto-vegetariano. Baba-ovo. Cabeça de ovo. Cabelo em ovo. Enfim, eu ovo tudo!