quinta-feira, 24 de julho de 2008

Afinal, o chuchu existe mesmo?

Da série 'Vegetais Alienígenas do Espaço'.

Segundo um teórico muito conceituado aqui no Universo Bizarro, o chuchu não existe. Isso porque ele passa frequentemente por crises existenciais, acreditando na sua imaterialidade dada a sua composição.

"Se tirar a água do chuchu ele some", teria afirmado certa vez um pesquisador indignado que não quis se identificar. O pobre chuchu, esculachado, recolheu-se à sua insignificância e olhou depressivo para o morango:
- Vou me juntar à minha espécie no Espaço. Os chuchus alienígenas são mais valorizados em seu planeta natal. Aqui somos meros legumes verdes.

O morango olhou-o enrubescido:
- Oh chuchuzinho, vai não, eu gosto de você...
E assim surgiu uma parceria entre chuchu e morango que começaram a trabalhar juntos pela valorização do chuchu. Com os contatos que o morango tinha no mundo vegetal, logo o chuchu se tornou celebridade e passou a figurar em receitas sofisticadas: Chuchu com nozes, Strogonof de chuchu, Doce de chuchu.

E apesar das dúvidas que ainda reinam no mundo terráqueo, ficou definitivamente comprovado: o chuchu existe.
Em tempo: chuchu e morango acabam de declarar que não são gays, apesar dos rumores, apenas dividem a mesma caixa de feira.






Morango e chuchu: uma parceria imbatível

3 comentários:

Lila disse...

Concordo com os pesquisadores, Jkishin... o chuchu é o 4º estado físico da água (sólido, líquido, gasoso e chuchu)

Thiago Quintella disse...

Chuchu é um grande elemento para construção de metáforas:
"Aquela ali? Ih, dá igual chuchu na serra"

Ellen disse...

Chuchu pra mim é incompreensível... mas a quem goste, eu sei... meu chefe, por exemplo adora chuchu com catchup, argh!