domingo, 22 de maio de 2011

Uso excessivo de substâncias químicas provoca explosão de melancias no leste da China

Em mais um capítulo que expõe a insegurança alimentar na China, melancias cultivadas com excesso de substâncias químicas no leste do país estão explodindo – literalmente.

A notícia, divulgada pela imprensa estatal, refere-se à região como um "campo minado".  Impulsionados pelos altos preços do último ano, os agricultores aumentaram o cultivo do produto e abusaram no uso de pesticidas e fertilizantes. No caso, os afetados pelas explosões parecem ter usado um acelerador de crescimento chamado Forchlorfenuron.

A cidade mais afetada foi Danyang, na região de Jiangsu, onde dezenas de agricultores perderam até 45 hectares da fruta. Sem ter como vendê-la, a melancia pôde ser usada apenas como alimento para porcos e peixes.  Segundo o professor de horticultura da Universidade Agrícola de Nanquim Wang Liangju, o regulador, que estimula um aumento na divisão celular, é inofensivo quando usado corretamente. Em excesso, porém, deixa a fruta deformada e com sementes esbranquiçadas.

(Zero Hora, 18/05/2011)


JK: Esses chineses tem mania de grandeza mesmo. Querer que a melancia fique ainda maior em menos tempo dá nisso. 

2 comentários:

Lila disse...

Daqui uns dias, vira artigo pra exportação... e vai ter quem compre!

Lila disse...

Daqui uns dias, vira produto pra exportação. E vai ter quem compre!