sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Morre Sérgio Naya, o senhor dos edifícios de areia

Onze anos depois do fatídico Palace 2 ter desabado matando oito pessoas, morre de enfarto aos 66 anos, em Ilhéus, na Bahia, o dono da construtora Sersan, responsável legal pelos predinhos e ex-deputado mão muito bem quisto, Sérgio Naya. O prédio mão se aguentou devido a erros de cálculo cometidos durante sua construção.

Segundo o Nassif, os jornalistas botavam conchinhas na areia para dizer que o problema também era material ruim, mas era só confete. Os engenheiros foram suficientemente incompetentes para levar os edifícios abaixo.

Quase duas mil ficaram desabrigadas, à espera de uma indenização, ou pelo menos, o dinheiro de volta, já que crime de colarinho branco só tem pena justa na China. Naya agora descansa em paz, talvez, mas não as vítimas do Palace 2.

Um comentário:

Lila disse...

"Que a terra não lhe seja leve..."